Projeto da UFSCar une estatística, educação e Copa do Mundo | Sistema Virtua
Educação

Projeto da UFSCar une estatística, educação e Copa do Mundo

Internautas poderão fazer prognósticos dos jogos da Copa e comparar performances com sites especializados

Quem nunca arriscou um placar de um jogo de futebol? Agora poucos são aqueles que fazem um prognóstico baseado em probabilidades. Um projeto desenvolvido no Departamento de Estatística (DEs) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), pretende disseminar o conceito de probabilidade e outras técnicas estatísticas utilizando como atrativo o maior evento esportivo do mundo: a Copa do Mundo, que será realizada na Rússia, a partir do dia 14 de junho. Será que realmente você é um expert em futebol?

Com objetivos pedagógicos e acadêmicos, o projeto tem como intuito aproveitar um evento esportivo popular para motivar estudantes e professores de matemática, especialmente do ensino médio, bem como qualquer pessoa que se interessa pelo tema, para aprender e discutir os principais aspectos da teoria de probabilidades. “No futebol, a avaliação de probabilidades requer aspectos como imaginação, inteligência e capacidade de evitar inconsistências quando se avaliam vários eventos ao mesmo tempo”, explica Marcio Alves Diniz, docente do DEs e idealizador do projeto.

Funciona da seguinte maneira: o internauta acessa o site fifaexperts.com e faz o login (que pode ser pelo Google, pelo Facebook ou pelo registro de dados). É importante que antes dele fazer seus prognósticos, leia os objetivos e as regras.

Em seguida, o usuário poderá fazer seu palpite em todos os jogos da primeira fase da Copa do Mundo. É só identificar o jogo, clicar em “Envie sua previsão”. Aqui, ele indicará a probabilidade de vitória de cada um dos dois times e de empate. Ao indicar o resultado, o site mostra o número de pontos que o usuário irá ganhar em cada um dos resultados. Uma lista irá mostrar os experts em Copa do Mundo da Rússia a cada rodada e ao final do campeonato. Também há possibilidade de criação de ligas, assim como ocorre com o game Cartola.

Além de agregar as pessoas no universo das probabilidades por meio do futebol, o projeto também irá coletar um conjunto de dados que auxiliará os membros do grupo a desenvolver pesquisa acadêmica relacionada aos diferentes tipos de previsão probabilística. “Após o término da Copa, os dados inseridos pelos internautas serão pesquisados visando analisar como as pessoas encaram eventos incertos, como é o caso de uma partida de futebol”, afirmou Diniz.

Especialistas

É comum encontrarmos comentários questionando previsões de jogos de futebol (inclusive, essa foi uma das motivações da criação do projeto). Desta forma, no fifaexperts.com, além de disputar com internautas de todo mundo (o site possui versões em português e em inglês), o usuário poderá comparar seus resultados com as previsões de sites especializados, como o Chance de Gol (www.chancedegol.com.br) e o Previsão Esportiva (www.previsaoesportiva.com.br).

O Previsão Esportiva é outro projeto que nasceu no DEs da UFSCar. A primeira versão nasceu em 2006, na Copa do Mundo realizada na Alemanha. “O projeto começou como um exercício de se aplicar métodos estatísticos aos resultados esportivos”, contou Luis Ernesto Bueno Salasar, docente do DEs e um dos idealizadores do projeto. O grupo consultou especialistas em futebol e cruzou os dados com o ranking da Federação Internacional de Futebol (Fédération Internationale de Football Association – FIFA), resultando então nas previsões para cada jogo. Na Copa seguinte em 2010, realizada na África do Sul, o projeto ganhou visibilidade ao prever com antecedência o favoritismo da Espanha na conquista daquele título. Em 2014, na Copa sediada no Brasil, o grupo previu dois favoritos (Alemanha e Argentina), que foram as equipes que disputaram a final.

Além da Copa, o Previsão Esportiva também faz previsões de vários Campeonatos Europeus.

Além de Salasar, participam do projeto os docentes Adriano Suzuki e Francisco Louzada, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP São Carlos; e Anderson Ara e Paulo Henrique Ferreira da Silva, ambos da Universidade Federal da Bahia (UFBA). As previsões para a Copa deste ano em breve serão disponibilizadas no site previsaoesportiva.com.br e irão concorrer com os internautas que arriscarem seus palpites no fifaexperts.com.

Outras notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *